Em alta, mesmo depois da morte. Talvez o maior feito de Michael Jackson tenha sido o de se tornar o artista que “ganhou” muito mais dinheiro no além-túmulo do que quando estava entre nós. Jackson, aos 50 anos, faturou perto de quase dez bilhões de reais ao longo do período. E mesmo apesar de ter deixado uma dívida estimada em dois bilhões, além do alto imposto de renda cobrado nos Estados Unidos, é bastante provável que ele poderia ter se tornado o primeiro cantor bilionário da história, um título que ainda está para ser conquistado.

Comments are closed.